TRATAMENTO PÓS-OPERATÓRIO.

As dificuldades do paciente no pós-operatório

 

O trauma ou atos cirúrgicos corretivos levam a formação de edema, dor, inflamação, sendo necessários alguns cuidados no seu pós-operatório, para se evitar sequelas indesejáveis. O tratamento pós-operatório é fundamental para a qualidade de vida do paciente. Uma das formas para esse tratamento ser eficaz é utilizar a fototerapia para recuperação do corpo.

 

A grande tendência no tratamento pós-operatório é a terapia a base de laser ou LED, já que com esse método de tratamento pós-operatório, o principal protagonista é a luz estimulando o corpo do próprio paciente. Esse tratamento também é conhecido como fototerapia ou fotobioestimulação. É um tratamento conhecido desde o século XX, porém recebeu avanços significativos nas últimas duas décadas.
 
A luz, em contato com o corpo humano, é absorvida pelos cromóforos endógenos ou fotorreceptores, e serve como um estimulador do metabolismo celular, permitindo que o corpo sintetize hormônios e enzimas fundamentais para a recuperação completa da lesão. A cicatrização de feridas é que recebe maior vantagem nesse caso, facilitando o processo. 

 

Com esta técnica é possível acelerar e modelar o tempo de cicatrização, evitando a formação de fibroses e queloides, reintegrando o paciente mais rápido a suas atividades.

 

Características do aparelho para tratamento pós-operatório

 

Os equipamentos Bios Therapy II e Bios Therapy X, de fototerapia a base de LED são extremamente atuais e inovadores, trabalhando principalmente com a luz LED vermelha e infravermelha. Conheça as principais características do Bios Therapy II:

  1. Comprimento de onda 630nm

  2. Potência 300mw

  3. Densidade de energia 3 joules a cada 10 segundos

  4. Diâmetro de feixe sem ponteira 1,3 cm²

  5. Diâmetro de feixe com fibra óptica 0,7 cm²

  6. Portátil

 

Assim como todo aparelho de fototerapia, há uma dosagem de energia sugerida para cada tratamento. Há casos em que é preciso diminuir o comprimento da onda, trocar sua cor, ou mesmos diminuir o tempo de exposição.

 

De forma geral, o equipamento Bios Therapy II emite 3 J a cada 10 segundos. Porém, se o objetivo for tratar:

  • Mucosa 6 j/cm² = 20 s por ponto

  • Pele 9 a 12 j/cm² = 30 a 40 s por ponto

  • Músculo 12 a 18 j/cm² = 40 a 60 s por ponto

  • Tecido ósseo 18 a 27 j/cm² = 60 a 90 s por ponto   

 

Conheça as principais características do Bios Therapy X:

  1. Comprimento de onda 650nm e 940nm;

  2. Potência total de 1000mw;

  3. Possui 6 luzes vermelhas e 4 infravermelhas;

  4. Densidade de energia 10 joules a cada 10 segundos;

  5. Diâmetro de feixe 24 cm²;

  6. Funciona direto na fonte. (Ligado na tomada)

 

O equipamento Bios Therapy X emite 10 J a cada 10 segundos. Porém, se o objetivo for tratar:

  • Mucosa e Pele 60 j/cm² = 1 min por ponto

  • Músculo e Tecido ósseo 120 j/cm² = 2 min por ponto

 

A ação fisiológica da fototerapia é relativamente ampla e beneficia diversas partes do corpo. A luz vermelha (ou infravermelha), ao ser absorvida e espalhada pelos tecidos, promove uma vibração molecular com ação fotoquímica nos tecidos biológicos intra e extracelular. O comprimento de onda então pode penetrar no interior celular, estimulando as organelas, principalmente mitocôndrias, produzindo mais ATP e energia celular.

 

Além dessas ações, é possível estimular plaquetas a liberarem hormônios, como endorfinas e serotoninas, com efeito analgésico local. Também libera fatores de crescimento capaz de estimular fibroblastos e acelerar a reparação tecidual.

 

Com as células endoteliais estimuladas pela fotobioestimulação, conseguem liberar óxido nítrico, promover vasodilatação permite a drenagem linfática e controle do edema. O estímulo do superóxido dismutase (SOD) permite a neutralização do pH do meio extracelular e controla os radicais superóxido, apresenta uma ação anti-inflamatória endógena.

 

Permite uma melhora da microcirculação oxigenando melhor os tecidos e favorece a angiogênese. Por fim, a luz atua na membrana celular favorecendo a troca iônica e a sua nutrição.

 

Todas estas funções fisiológicas conjuntas possibilitam à fototerapia uma ação antiinflamatória, de analgesia e acelera etapas da cicatrização minimizando o uso de medicamentos.

ENDEREÇO

 

Rodovia Presidente Dutra, km 138, C.E II - sala 1202 - 12247-004 - São José dos Campos-SP

CONTATOS

 

Telefone: +55 (12) 3876-7713

Celular:+55 (12) 98211-9602

comercial@biosind.com.br

  • Facebook
  • Instagram

© Agência Happier, 2020